Um incidente na madrugada dessa terça-feira (11) causou algum transtorno às equipes de solo em Guarulhos, que tiveram que remover um gigante Antonov AN-124 devido a problemas para livrar a pista após o pouso. O grande jato já é uma visita incomum (mas não rara) no Brasil per se, então, um incidente com ele em São Paulo é um evento quase único.

Às 4h49 da madrugada, o voo ADB-3829 chamou a torre de controle de Guarulhos informando que estava estabilizado no localizador da pista 09L. O controlador respondeu, autorizando o pouso e informando que, naquele momento, as nuvens estavam baixas, a 60 metros e a visibilidade muito reduzida pelo nevoeiro.

Dois minutos depois, às 4h51, a torre chama novamente a aeronave, que responde dizendo que teve problemas e que precisa de apoio de um pushback (veículo que a empurre para trás). Nesse momento, a extensão do problema ainda não era evidente para o controle de tráfego.

No entanto, minutos depois, ficou claro que não seria um trabalho tão simples, pois, aparentemente, a aeronave havia perdido seu ponto de virada na última saída da pista e teria ficado travada e sem conseguir sair, fechando a pista 09L. Não está claro se ela chegou a sair da pista ou se apenas esteve em um ponto em que não conseguia mais curvar, lembrando que trata-se de um avião crítico por seu tamanho, de modo que manobrá-lo requer uma dose extra de atenção.

Segundo dados do RadarBox, o pouso aconteceu por volta das 4h49 da madrugada, mas somente às 6h50 é que a aeronave foi empurrada para trás e, finalmente, retirada da pista, sem danos.

Comentários


Acompanhe a Vale Regional!

✅ Grupo WhatsApp: https://abre.ai/grupovale06
✅ Instagram: https://abre.ai/valeregionalnosinsta
✅ Facebook: https://abre.ai/valeregionalnofacebook
✅ Twiter: https://abre.ai/twitervaleregional

Vale Regional - Notícia em Tempo Real!