Na tarde desta terça-feira(26) lideranças indígenas se reuniram com o Procurador da República, Anderson Lodetti de Oliveira e membros da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina.

Em pauta o plano de contingência e atuação da Defesa Civil em casos de cheias e inundações na Terra Indígena Laklãnõ, através da Barragem Norte. Para Oliveira, os estudos e apresentação do plano de contingência dependem de audiência pública, que deverá ser realizada pelo governo do estado através da Defesa Civil. “Os debates desse plano de contingência iniciaram em 2019 e este deve ser apresentado para a comunidade. Infelizmente devido a pandemia(covid-19), não foi possível realizar as audiências públicas no ano passado. Depois de ouvir a comunidade, ele será finalizado pela Defesa Civil, Ministério Público Federal, FUNAI e SESAI”, lembra.

Ainda de acordo com o Procurador, é importante que todos os indígenas sejam vacinados para que sejam retomados os debates referentes ao estudo socioambiental e apresentação do plano de contingência. Na reunião de hoje ficou definido que a Defesa Civil irá viabilizar algumas ações para atender a população indígena quando a Barragem Norte estiver com o reservatório cheio, como ônibus para transporte de indígenas, núcleo da Defesa Civil na Barragem Norte com comunicação direta com caciques, equipe SESAI com atendimento diferenciado e material para recuperação das estradas.

Na quarta-feira(27) acontecerá uma reunião para discutir a recuperação das estradas da Terra Indígena Laklãnõ entre Defesa Civil e os prefeitos de José Boiteux, Vitor Meireles, Doutor Pedrinho e Itaiópolis.#DefesaCivil#AdministraçãoMunicipal#JoséBoiteux

Comentários


Acompanhe a Vale Regional!

✅ Grupo WhatsApp: https://abre.ai/grupovale06
✅ Instagram: https://abre.ai/valeregionalnosinsta
✅ Facebook: https://abre.ai/valeregionalnofacebook
✅ Twiter: https://abre.ai/twitervaleregional

Vale Regional - Notícia em Tempo Real!