O fato aconteceu no bairro da Velha, quando o menino e o irmão de 10 anos estavam tomando banho na piscina. O pai deles estavam por perto, concertando o portão da casa e cuidava dos filhos, uns minutos distraído, e quando percebeu viu o pequeno inerte na água.

O socorro foi rápido com todos os procedimentos cumpridos o menino foi encaminhado ao Hospital Sto. Antônio, mas não teve jeito, acabou falecendo poucas horas depois.-De fato uma fatalidade.

Piscinas, grandes, médias e pequenas, é uma tentação para as crianças, mas tem que ter muita atenção, porque a água é traiçoeira. Nossos sentimentos a família pela perda do neném da casa.

Nilton Agostini

Comentários