Mortes foram lamentadas por entidades e amigos de diferentes cidades catarinenses.Mais três médicos catarinenses morreram após complicações de saúde causadas pela Covid-19 em um intervalo de cinco dias, entre 19 e 23 de março.

Segundo o Sindicato dos Médicos do Estado de Santa Catarina (Simesc), 27 médicos ligados ao sindicato morreram por causa do coronavírus. Além de médicos, 20 profissionais da área de enfermagem também morreram vítimas da doença.23 de março

O médico Joares Luiz Nogara de 83 anos morreu após complicações da doença em Blumenau, no Vale do Itajaí. A morte foi confirmada pelo Hospital Santa Isabel, onde o profissional trabalhava desde 1964.20 marçoA morte após complicações da Covid-19 do médico Ronaldo Bachmann ocorreu em 20 de março. Ele tinha 81 anos. Ele atuava em Timbó e a prefeitura decretou luto oficial de três dias na cidade.

19 de marçoA Associação Catarinense de Medicina (ACM) confirmou a morte por Covid-19 do anestesiologista Vilson Dalla Nora, de 74 anos, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte.Segundo a entidade, o médico atuou no no Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen e no Serviço de Anestesia de Itajaí.

O profissional estava aposentado. Ele foi residente em anestesiologia do Hospital Governador Celso Ramos em Florianópolis e se formou em 1971

.Fonte/G1.SC.

Comentários


Acompanhe a Vale Regional!

✅ Grupo WhatsApp: https://abre.ai/grupovale06
✅ Instagram: https://abre.ai/valeregionalnosinsta
✅ Facebook: https://abre.ai/valeregionalnofacebook
✅ Twiter: https://abre.ai/twitervaleregional

Vale Regional - Notícia em Tempo Real!