Um ano após crime, homem acusado de feminicídio está foragido no Vale do Itajaí.No último ano, Ireno Nelson Pretzel confessou ter assassinado a esposa, a médica Lúcia Regina Gomes Mattos Schultz, em Itapema.O acusado de feminicídio Ireno Nelson Pretzel, de 66 anos, está foragido no Vale do Itajaí.

Segundo a Polícia Militar, ele confessou ter matado a esposa, a médica Lúcia Regina Gomes Mattos Schultz, 59 anos, no dia 20 de março de 2020. O crime aconteceu dentro de casa, durante o período de quarentena decretado pelo governo do Estado, no Centro de Itapema.Neste mês de março, o Sindicato dos Médicos de SC relembrou o crime, que completou um ano.

“Quando todos deveriam estar recolhidos em casa tentando compreender o que era a pandemia e a se acostumar com novos hábitos, de Lúcia foi tirada a vida sem que ela tivesse condições de reagir”, diz o comunicado.Segundo o sindicado, o acusado, preso no mesmo dia do crime, foi libertado em 3 de junho de 2020. Entretanto, a decisão do judiciário catarinense foi contestada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), a Justiça reavaliou o caso e a prisão foi novamente decretada em setembro. Ele não foi mais encontrado pela polícia.

No último dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a família de Lúcia iniciou uma campanha pala localizar Ireno. “O assassino não estava em casa quando a polícia foi procurá-lo. Optamos por não divulgar essa informação antes porque desejávamos poupar a quem amamos do mesmo sentimento de absoluto desamparo que nos assolou, acreditando que o injusto de pronto seria reparado, confiantes na correção, justeza e celeridade do judiciário e da polícia”, diz publicação em rede social.

Denúncias de violência contra a mulher devem ser feitas ao Disque-Denúncia criado pela Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM). A denúncia é anônima e gratuita, disponível 24 horas, em todo o país. O número é o 180.DenuncieDe acordo com a família de Lúcia, os locais possíveis onde Ireno Nelson Pretzel possa estar são Gaspar, Blumenau e Balneário Camboriú.Caso você ter informações sobre ele, acusado do crime contra Lúcia Regina Gomes Mattos Schultz (com mandato de prisão n.

5002090-65.2020.8.24.0125.01.0002-04) faça contato pelo 180 ou 190, ou ligar para a delegacia de Itapema no (47) 3368-5418. A denúncia é anônima e gratuita 24 horas em todo o país.

O Município.

Comentários


Acompanhe a Vale Regional!

✅ Grupo WhatsApp: https://abre.ai/grupovale06
✅ Instagram: https://abre.ai/valeregionalnosinsta
✅ Facebook: https://abre.ai/valeregionalnofacebook
✅ Twiter: https://abre.ai/twitervaleregional

Vale Regional - Notícia em Tempo Real!